Abel detona arbitragem em coletiva após perder a Supercopa do Brasil para o Flamengo

O Flamengo conquistou o bicampeonato da Supercopa do Brasil, neste domingo, contra o Palmeiras. No estádio Mané Garrincha, o Rubro-Negro saiu atrás, aplicou a virada, mas tomou o empate no fim. Nos pênaltis, Diego Alves pegou três cobranças e Rodrigo Caio fez o gol que deu o título ao Fla. Após a partida o técnico do clube paulista, Abel Ferreira, detonou a arbitragem de Leandro Pedro Vuaden.

“Queria que as primeiras palavras fossem para os meus jogadores pela grande partida que fizeram. Personalidade e caráter. Marcamos um gol primeiro, tivemos outra oportunidade. Pra mim, hoje, o melhor em campo foi o goleiro adversário. Tenho que dar o parabéns para o nosso adversário que conquistou mais um troféu. Duas grandes equipes em campo. Em finais, gostamos de ver três grandes equipes em campo. Hoje, infelizmente, só vimos duas”, disse Abel, antes de emendar:

“Que fique claro: Me chamo Abel Ferreira, 42 anos, e sou responsável pelo que eu digo. Disse exatamente isso: “Grandes equipes em campo mereciam um árbitro do mesmo nível”. Na Europa, o desempenho dos árbitros no final da temporada tem classificação. Aqui não”, encerrou o comandante.

Entrevista coletiva de imprensa com o técnico Abel Ferreira, após a Supercopa do Brasil 2021, contra o Flamengo.