Benfica aceita vender Cebolinha, mas recusa proposta de empréstimo do Flamengo

O Flamengo segue monitorando a situação de Everton Cebolinha. A diretoria planejava uma proposta por empréstimo junto ao Benfica, mas a hipótese não foi bem recepcionada pelos dirigentes portugueses. A ideia dos Águias é vender o brasileiro em definitivo para recuperar, ao menos em parte, os valores investidos para a sua contratação junto ao Grêmio em agosto de 2020, a pedido do então técnico Jorge Jesus.

Informações publicadas pelo portal Goal indicam que o Benfica pretende vender Everton Cebolinha por pelo menos 20 milhões de euros, o equivalente a 102,3 milhões de reais na atual cotação de mercado. O jornal português Record, por sua vez, especula que o Flamengo estaria disposto a desembolsar 15 milhões de euros, o equivalente a 77 milhões de reais.

As negociações entre Flamengo e Benfica são intermediadas pela Bertolucci Sports, empresa do agente Giuliano Bertolucci, envolvido em diversas negociações com o Flamengo, sendo um dos principais parceiros do Mais Querido no futebol europeu. Além disso, o empresário Márcio Cruz, que representa os interesses econômicos de Everton Cebolinha, também está envolvido nas conversas.

Desde que chegou a Portugal, o brasileiro esteve em campo em 47 dos 55 jogos disputados pelo Benfica, representando 85% das partidas em campo. Em tais oportunidades, marcou sete gols, além de contribuir com sete assistências, atuando por cerca de 60 minutos, em média, em cada duelo. Ainda que seja um jogador bem utilizado, o técnico alemão Roger Schmidt já avisou à diretoria dos Águias que não possui planos concretos ao ex-gremista para a temporada 2022/23 da Europa.