Braz revela o motivo do Flamengo não ter comprado Andreas Pereira

Marcos Braz que é VP do Mengão foi o entrevistado do PODFLA da última quinta-feira (04). No podcast do Coluna do Fl@, o dirigente conversou com exclusividade e abordou temas ligados ao CRF. A opção por não comprar Andreas Pereira foi um dos tópicos tratados no programa.

O belga-brasileiro ficou marcado negativamente com a torcida rubro-negra, por conta da falha na final da Libertadores de 2021, quando se enrolou com a bola e permitiu que Deyverson marcasse o gol do título palmeirense. Sobre a não contratação do jogador ex-Flamengo, Marcos Braz limitou-se a dizer: “Andreas Pereira transitou e jogou, vida que segue. Havia interesse da compra, mas desistimos”.

Há pouco mais de um mês o vínculo, por empréstimo, que Andreas Pereira tinha com o Flamengo se encerrou. A diretoria do Mais Querido não conseguiu convencer o Manchester United (ING) de vender 50% dos direitos econômicos do atleta por cinco milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões, na cotação atual), fato que inviabilizou a compra do jogador. O belga-brasileiro vestiu o Manto Sagrado pela última vez na vitória por 1 a 0 contra o Tolima (COL), fora de casa pelas oitavas de final da Libertadores.

Andreas Pereira voltou para Inglaterra, mas não para o Manchester United, o meio-campista defende agora o time de Londres, Fulham. O alvinegro acertou a compra do atleta com o rival por 9,4 milhões (quase R$ 50 milhões na cotação atual). Com um contrato válido por quatro anos, o ex-Flamengo foi titular no empate por 2 a 2 com o Liverpool, neste sábado (06), pelo Campeonato Inglês.