”Custe o que for”; Dorival Júnior implora ao Flamengo pela permanência de Andreas Pereira

O Flamengo reencontrou os trilhos da vitória na noite do último sábado (25). Dentro do Estádio do Maracanã, o Mais Querido recebeu o América-MG, derrotando-o com o placar de 3 a 0. Gabi, Arrascaeta e Marinho foram os autores dos tentos rubro-negros. Dentre os titulares, ainda que não tenha marcado, Andreas Pereira, novamente, apresentou um ótimo desempenho dentro de campo, empolgado a Nação.

Quem também ficou satisfeito com o desempenho do jogador foi o técnico Dorival Júnior. Após o apito final, em coletiva de imprensa, o treinador fez diversos elogios ao talento do jogador, evidenciando, mais uma vez, o seu desejo em tê-lo no elenco rubro-negro para a sequência da temporada.

”Para mim seria muito importante (manter o Andreas). Talvez possa ser a maior contratação que a gente possa ter seja a manutenção do Andreas. Torço para o presidente encontrar um caminho para deixá-lo aqui. É um jogador diferente, versátil em todos os sentidos, participativo e inteligente demais”.

No início desse ano, o mais querido tinha chego a um acordo com o Manchester United pela aquisição dos direitos econômicos de Andreas Pereira por 10 milhões de euros. Todavia, a batalha judicial contra o Banco Central e a queda de desempenho do jogador, além da marca negativa pelo erro na final da Libertadores, levaram a alta cúpula da Gávea a pressionar Rodolfo Landim pela desistência do negócio.

O desempenho de Andreas Pereira melhora a cada partida, contando, ainda, com o aval do treinador. Como se não bastasse, a disputa contra o Banco Central foi vencida pelo Flamengo, aumentando os numerários disponíveis em caixa. O empréstimo chega ao fim em julho, quando o fim da novela será conhecido.