+de 10 dias sem jogos! Paulo Sousa planeja deixar pontaria do Flamengo mais afiada

Classificado para a final do Carioca após as vitórias por 1 a 0 sobre o Vasco, o Flamengo terá ao menos dez dias de preparação para tentar o inédito tetracampeonato. Será um período raro para o técnico Paulo Sousa, que já tem algumas prioridades: recuperar a parte física e mental dos atletas, além de trabalhar muito as finalizações.

Após o segundo jogo da final do Carioca, dia 2 ou 3 de abril, o Flamengo terá pouco tempo até o início da fase de grupos da Libertadores, disputada a partir de 6 de abril, e do Brasileiro, previsto para começar no dia 10 de abril.

Atualmente o Flamengo tem três jogadores no departamento médico. O caso de Bruno Henrique, com uma luxação no ombro, é o mais simples. Pablo teve um problema no ligamento do joelho e a tendência é de que leve cerca de 30 dias para retornar. Rodrigo Caio, que se recupera da uma cirurgia no joelho, não tem previsão de volta aos gramados.

Somadas as partidas contra o Vasco, o Flamengo finalizou 21 vezes, apenas sete vezes na direção do gol. O problema da falta de efetividade para ampliar placares e construir vitórias com mais tranquilidade é recorrente, e tem incomodado bastante Paulo Sousa.

– Vamos aproveitar para recuperar alguns jogadores, em primeiro lugar. Fisicamente e mentalmente. Porque aquilo que pedimos aos nossos jogadores também tem a sua complexidade, e há um cansaço mental. Vamos continuar a trabalhar muito porque queremos mandar nos jogos e seguir. Temos que estar preparados para interagir com cada jogador que estiver em campo. É diferente ter um Everton ou um Gabi entre as linhas, por exemplo. Ou um Vitinho. Também daremos continuidade aos trabalhos de finalização para podermos ser mais eficazes e podermos controlar melhor nossos adversários com gols – explicou o técnico português.

Autor do gol da vitória no domingo, Arão acredita que, embora o Flamengo tenha conseguido muitas vitórias, ainda há um caminho a trilhar para o time melhorar.

– Ele tem colocado os conceitos dele, e nós temos tentado fazer o que ele pede dentro de campo. Temos que melhorar. Não estamos no nosso melhor, mas vamos chegar. Acredito que ele esteja feliz, porque apesar de tudo temos vencido as partidas. Vamos descansar e buscar o tetra.

O primeiro jogo da final do Carioca será ou no dia 30 ou 31 de março. O adversário sai do duelo entre Botafogo e Fluminense.