Flamengo define futuro de Marinho após oferta do São Paulo

Anunciado como primeiro reforço do Flamengo para a temporada de 2022, o atacante Marinho ainda não conseguiu vingar com o manto. O jogador participou de três gols em 19 partidas disputadas, sendo duas assistências e um tento. Por tais motivos, muitos torcedores começam a manifestar descontentamento, sugerindo, inclusive, a sua saída da Gávea.

Neste cenário, o São Paulo, comandado pelo técnico Rogério Ceni, demonstrou interesse na contratação do jogador. O intuito do Tricolor Paulista é ter Marinho por um vínculo de empréstimo e sem a obrigação de compra. A diretoria do Flamengo, porém, faz jogo duro e dificulta o negócio, tendo em vista a exigência de valores elevados ao time do Morumbi. Como se não bastasse, o Mais Querido prioriza uma venda em definitivo ao futebol do exterior. As informações foram inicialmente publicadas pelo jornalista Gabriel Sá, da Rádio Jovem Pan.

As negativas do Flamengo na transferência de Marinho ao São Paulo renderam múltiplas manifestações por parte dos torcedores nas redes sociais. Alguns defendem a liberação do jogador, ao passo que outros acreditam na capacidade do atacante em dar a volta por cima, sobretudo após a queda de Paulo Sousa e com a chegada do técnico Dorival Júnior.

Marinho conta com 31 anos de idade e, além de Santos e Flamengo, já passou por Grêmio, Changchun Yatai, Cruzeiro, Ceará, Náutico, Ituano, Goiás, Paraná, Caxias, Internacional e Fluminense, onde foi revelado. Em 2020, foi eleito o melhor jogador da Libertadores pelo Peixe.