Flamengo pagou +de R$ 1 milhão em luvas para renovar com Diego até dezembro

Visto como uma liderança importante no Flamengo, Diego Ribas acertou, em 2021, sua permanência por mais uma temporada na equipe. Dessa maneira, o balanço financeiro do clube, divulgado no site oficial, mostra que o acordo custou mais de R$ 1 milhão ao Rubro-Negro. Além de luvas (prêmio pela assinatura do contrato), a diretoria precisou pagar pela intermediação do acerto.

Neste cenário, Diego Ribas recebeu R$ 500 mil de luvas e a empresa 3D Negócios Imobiliários e Intermediações LTDA, que fez parte das tratativas, ficou com R$ 674 mil, totalizando um custo de R$ 1.174 milhão na operação. Na renovação, o camisa 10 não teve um aumento em seus ganhos, sendo mantido os termos do compromisso antigo.

O documento (imagem acima) também mostra que as permanências de Filipe Luís e Diego Alves custaram uma quantia elevada ao Flamengo. Para assinar um novo contrato, o lateral-esquerdo recebeu R$ 614 mil de comissão, enquanto o valor do goleiro foi de R$ 302 mil. Em 2022, apenas o camisa 16, que vem atuando na zaga, tem chances de estender seu vínculo, já que os demais componentes da “geração 85” são reservas com Paulo Sousa.