Flamengo tem a maior folha salarial do futebol sul-americano; confira

O futebol brasileiro é, disparadamente, o que mais investe dinheiro no continente há alguns anos. Consequentemente, as três últimas edições da Libertadores foram conquistadas por Flamengo e Palmeiras (2x). E é justamente o Rubro-Negro o dono da maior folha salarial entre as equipes da América do Sul, gastando cerca de 36 milhões de reais por mês.

Tal quantia é atingida levando em consideração os gastos mensais em despesas com futebol profissional, incluindo comissão técnica, e da base. Esse valor de 36 milhões é superior aos 32 milhões que o Palmeiras, segundo do ranking, investe mensalmente. Para seguir a comparação, o Atlético-MG é o terceiro da lista, com 27 milhões de reais.

O mercado brasileiro é, disparadamente, o mais rico da América do Sul. Dessa forma, vem atingindo os resultados positivos nas últimas edições de Libertadores, já que as três passadas foram vencidas por Flamengo e Palmeiras (2x). Além do mais, em 2020 e 2021, dois times do Brasil rivalizaram nas finais.

Com a folha salarial em janeiro de 2022 em 36 milhões de reais, o Flamengo tem orçamento três vezes maior que o River Plate (ARG), que gasta mensalmente 12 milhões de reais. O time argentino é o primeiro fora do Brasil na lista, no entanto, é apenas o décimo do continente, atrás de noves brasileiros.

CONFIRA O TOP 10 DAS MAIORES FOLHAS SALARIAIS DO CONTINENTE:

  1. Flamengo: 36 milhões
  2. Palmeiras: 32 milhões
  3. Atlético-MG: 27 milhões
  4. Corinthians: 22 milhões
  5. São Paulo: 19 milhões
  6. Grêmio: 18 milhões
  7. Internacional: 18 milhões
  8. Santos: 14 milhões
  9. Fluminense: 13 milhões
  10. River Plate (ARG): 12 milhões