Flamengo tinham contrato ‘pronto’ para comprar Ferreirinha, mas Paulo Sousa disse ‘não’

Entre dezembro de 2021 e fevereiro de 2022, o Flamengo esteve muito próximo de acertar a contratação de Ferreirinha como novo reforço da equipe. O Mais Querido, o jogador e o Grêmio, detentor dos seus direitos econômicos, chegaram a um acordo por meio do qual o Rubro-Negro realizaria o pagamento de sua multa rescisória na casa dos oito milhões de euros, cerca de 43,6 milhões de reais no câmbio atual.

Apesar do acerto entre os envolvidos, a chegada de Ferreirinha não logrou êxito por uma pessoa: Paulo Sousa. O então treinador, que acabara de chegar à Gávea, não aprovou o nome do jogador do Grêmio e deu o seu “não”, tornando inviável o acerto final. As informações foram inicialmente publicadas pelo jornalista Venê Casagrande, do SBT e do Jornal O Dia.

Com a frustração nas conversas com o Flamengo, o Grêmio optou por renovar o vínculo contratual com Ferreirinha. Agora, a multa rescisória do jogador está em patamares ainda maiores, tornando dificultosa a sua negociação. No momento, o jogador segue afastado dos gramados em virtude de uma lesão muscular na coxa, com previsão de retorno no próximo mês de julho.

Na atual temporada, Ferreirinha entrou em campo no decorrer de oito partidas, sendo seis válidas pelo Campeonato Gaúcho e outras duas pela Série B do Campeonato Brasileiro. Em 2021, porém, foram 52 partidas disputadas, nas quais anotou 14 gols, além de ter contribuído com 13 assistências.