Gabigol abre a ‘boca’ e revela o principal erro no Flamengo de Paulo Sousa

O Flamengo não teve uma boa performance diante do Talleres, na Argentina. O time saiu duas vezes atrás do placar, mas pelo menos foi buscar o empate. Com 10 pontos, o Rubro-Negro está invicto na fase de grupos e a classificação para as oitavas de final irá acontecer. O treinador ainda não empolga a Nação e muitos jogadores estão apontando algumas fraquezas da equipe.

Gabigol, por exemplo, falou que o nosso querido Mengão precisa ficar mais com a bola e, assim, dar menos chances ao adversário, não ser dominado: “Eu acho que o nosso time pode ter mais a bola, controlar mais o jogo e não ser controlado. Mas no final, conseguimos o empate, sofremos o gol em uma infelicidade. Creio eu que podemos melhorar, acho que esse é um jogo importante para gente assistir os vídeos e poder fazer melhor na próxima partida”, afirmou.

O nosso amado camisa 9 continuou falando sobre o assunto. O atacante analisou alguns lances e disse que os atletas seguem trabalhando e conversando para resolver esses problemas. Ele afirmou com a análise do repórter de que a defesa precisa melhorar muito ainda, já que está tomando muitos gols ou até “ajudando” o adversário balançando as próprias redes com gols contras.

“Sim, nós que podemos dar menos chance para os adversários, podemos tentar dificultar as coisas. Nós estamos trabalhando, tentando fazer muitas coisas diferentes, conversando, para poder melhorar ainda mais. Como disse, foi um jogo difícil. Eles estavam em casa, normal que pressionem um pouco mais, mas podemos ter mais o controle do jogo e ter mais a bola pra podermos fazer mais gols. Porque gols a gente sabe fazer sim”, completou.

O próximo confronto do Flamengo será contra o Botafogo, clássico que acontece no próximo domingo (08), às 11h, em Brasília. O Mengão sabe que precisa ganhar o jogo para subir na tabela do Brasileiro e não deixar os líderes se distanciarem. A torcida quer ver um futebol mais produtivo, eficiente e que não exista mais tantas oscilações.