”Inacreditável”; Mais um Ex-jogador do Flamengo entra na Justiça contra o clube

Fora de campo, o Flamengo continua trabalhando. Pelo jurídico, o clube irá enfrentar mais um problema no ano de 2022. Agora o caso é do meia-atacante Gustavo Damazio, que alega falta de apoio do Mais Querido em momento pós cirúrgico.

Em outubro de 2021, o jornalista Venê Casagrande assinou uma matéria informando sobre o caso do atleta, que já alegava falta de atenção do clube com o seu caso. Gustavo precisou passar por três cirurgias no joelho esquerdo após se machucar em treinamento no Ninho do Urubu.

Gustavo passou por 3 cirurgias em 20 meses no Flamengo

As 3 operações foram realizadas em um espaço de tempo de aproximadamente 20 meses. O atleta afirma que após os procedimentos médicos, nunca mais conseguiu desenvolver o mesmo futebol por questões fisiológicas que o afetaram.

No período que marcava uma possível recuperação, Gustavo chegou a voltar para os treinamentos em campo pelo Flamengo, mas voltou a machucar o mesmo joelho e viveu esse drama por meses, até ser dispensado pelo Mais Querido.

Meses depois, juntamente com o seu advogado, Leonardo Moura Santana, Gustavo entra na justiça e cobra do Flamengo uma indenização de aproximadamente R$2 milhões de reais por danos trabalhistas durante o período em que o atleta esteve no clube.

Flamengo tentou renovar com Gustavo por três meses

Gustavo chegou ao Flamengo após se destacar pelo Serra-ES. Durante período de testes no Rubro-Negro, o jogador foi integrado às categorias de base da equipe. O contrato de Gustavo com o Flamengo era até dezembro de 2021. No final do ano passado, a diretoria rubro-negra ofereceu ao atleta uma extensão contratual de três meses, mas ambas as partes não chegaram a um acordo.