Jogador titular do Flamengo é acusado de provocar grave acidente de trânsito e fugir sem prestar socorro

Maurício Isla teve seu nome envolvido em uma grande polêmica, que pode evoluir para problema na Justiça, em Santiago, no Chile. O lateral rubro-negro segue no país depois de enfrentar problemas com o voo de volta ao Brasil.

Ontem, Isla foi publicamente acusado de ter supostamente provocado um acidente de trânsito e fugido do local sem prestar socorro. A acusação foi feita pela outra pessoa envolvida no acidente, identificada como Isabel Jerez. “Graças a Deus não me aconteceu nada (…) Mauricio, por que você fugiu? Assuma a responsabilidade. Por favor, compartilhem para que esse senhor arque com os danos que causou”, escreveu Jerez em suas redes sociais.

Em suas redes, Jerez pediu ajuda para que o caso fosse compartilhado até que chegasse ao conhecimento do jogador. A publicação fez o barulho que precisava e Isla, posteriormente, se manifestou em suas redes sociais.

O jogador alega que o carro, acusado de provocar o acidente, é de fato um carro registrado em seu nome. No entanto, Isla alega que não estava por trás do volante e que a pessoa que conduzia o veículo, que não teve a identidade revelada, “está colaborando para esclarecer o ocorrido“.

rovando não estar diretamente relacionado com o acidente, Isla não deve ter maiores problemas com a Justiça. Para o Flamengo, quanto mais rápido a situação se resolver, melhor.