Muro do CT do Flamengo é pichado novamente, motivo chama atenção

A temporada de 2022 terá início no final de janeiro, mas o muro do Centro de Treinamento do Ninho do Urubu já sofreu a primeira pichação do ano. Entretanto, não em forma de protesto, mas sim de apoio a Paulo Sousa.

O técnico foi apresentado oficialmente na tarde da última segunda-feira (10), e o pichador, aparentemente, gostou do que viu e ouviu. Isso porque, ele escreveu: “Estamos com você, Mister“, assinando a pichação com “P12 na voz“.

O ‘P12‘ já pichou o muro do Ninho do Urubu em diversas ocasiões, tanto em tom de protesto como ‘no amor‘. Dessa vez, Paulo Sousa foi o ‘homenageado‘, mas em tom carinhoso.

Quem é P12?

Não se sabe ao certo, mas já tem um histórico de pichações com  essa assinatura, como por exemplo, logo depois de perder para o Atlético MG por 2 a 1 no Brasileirão, o muro do CT foi pichado com a frase “Fora, Ceni, imbecil!”. Com a chegada de Renato Gaúcho, P12 fez duas aparições. A primeira delas depois da queda na Copa do Brasil para o Athletico PR. Ofendeu o treinador  com palavras duras e finalizou “Libertadores é obrigação”.

Depois de empatar em 2 a 2 com o Chapecoense. O muro amanheceu com a frase: “R$ 200mi pra nada!”, em referência à provocação de Renato ao Flamengo, da época que era técnico do Grêmio.

P12 também pichou no muro a frase “Dia 27 é guerra!” em referência à data da final da Copa Libertadores nesta temporada.

Enquanto isso Paulo Sousa, por sua vez, está focado na pré-temporada dos atletas. Nesta semana, os terão apenas um período de treinamento, ou seja, não serão em períodos integrais. O foco é dar o melhor condicionamento físico aos jogadores, sem correr risco de lesões.

Na manhã desta terça-feira (11), o novo técnico do FlamengoPaulo Sousa, comandou a sua primeira atividade no campo do Centro de Treinamento (CT) do Ninho do Urubu. A atividade aconteceu logo após os exames realizados pela equipe médica, bateria de exames em todos os atletas.

Em sua apresentação na manhã da última segunda-feira (11), o técnico Paulo Sousa agradeceu a oportunidade de trabalhar no Flamengo.

“Agradeço a oportunidade. Tivemos horas de reunião e no meu entender, é um clube tão grande. Precisava conhecer as pessoas e foram isso que fizeram. Quais eram minhas ideias, meu staff e o que conhecia do elenco. Agradeço a oportunidade. Nem sempre aparece uma oportunidade de representar um clube da grandeza do Flamengo.”