Paulo Sousa bate o martelo e decide se vai pedir demissão do Flamengo;

A situação para o técnico português Paulo Sousa ficou ainda mais delicada no Flamengo após a derrota para o Fortaleza, então lanterna do Campeonato Brasileiro. O treinador deixou o gramado do Estádio do Maracanã sobre vaias, reacendendo as discussões referentes à sua demissão. Nos bastidores, porém, o Mister português não cogita pedir a demissão.

Paulo Sousa compreende ser possível reverter a situação do Flamengo na temporada, uma vez que o Brasileirão ainda está em suas rodadas iniciais. Após a disputa da nona rodada, o Flamengo passou a ocupar a 11ª colocação, com os mesmos 12 pontos.

Cabe ressaltar que Paulo Sousa, nas últimas coletivas de imprensa, sempre reiterou o seu desejo em continuar no comando do Flamengo. Após a partida contra o Fortaleza, a ideia foi novamente exposta aos jornalistas.

“Sei a importância de termos coragem de não agradar em alguns momentos. Como sei que Deus nunca nos deu espírito de covardia. É nos momentos difíceis que temos que ser mais convictos e certos”, declarou o técnico durante a coletiva de imprensa.

Paralelamente, a diretoria do Flamengo também está pressionada no caso de uma demissão. Isso pois, caso Paulo Sousa deixe o clube até o fim do ano, uma multa de 7,7 milhões de euros deveria ser paga ao treinador. Em baixa, o time se prepara para a próxima rodada do Brasileirão, quando enfrenta o Red Bull Bragantino, fora de casa na próxima quarta-feira (08).