Paulo Sousa deve assumir seleção que foi eliminada, e não foi pra Copa do Mundo de 2022

Paulo Sousa está próximo de assumir um novo trabalho. O treinador deixou o Flamengo em junho e, desde então, segue livre no mercado. Apesar de ter somado 19 vitórias em 32 jogos disputados, o português não conseguiu fazer a equipe carioca render o estrelado, tendo deixado o comando do clube depois da derrota para o Red Bull Bragantino, válida pelo Brasileirão.

Desde lá o Paulo Sousa continua livre no mercado mas, ainda assim, mostra ter bastante moral no exterior. Isso porque, de acordo com o O Jogo, o treinador é o nome favorito para assumir a seleção do Egito, que acabou ficando fora da Copa.

Segundo a fonte, conversas já aconteceram, e a tendência é de que Paulo Sousa seja, de fato, o treinador da seleção, que terá como grande meta a classificação à Copa de 2026. Desta forma, ao que tudo indica, Paulo comandará Mo Salah, astro do Liverpool.

Vale ressaltar que ‘comandar’ um astro do futebol mundial não será novidade para o técnico, que trabalhou com Robert Lewandowski na seleção da Polônia antes de rumar ao Flamengo.