Prefeito do Rio autoriza construção de estádio; dois terrenos foram indicados

As conversas entre o Flamengo e a Prefeitura do Rio de Janeiro avançaram positivamente. Nesta sexta-feira (08), durante um evento realizado na capital, o prefeito, Eduardo Paes, sinalizou positivamente com relação às pretensões do Mais Querido, que sonha em construir o seu próprio estádio a fim de não mais ficar dependente das interferências autoritárias do governo do Estado com relação ao Maracanã.

O evento em questão ocorreu no Luso Brasileiro, oportunidade na qual o prefeito formalizou a doação de parte das estruturas utilizadas nos Jogos Olímpicos de 2016 para a Portuguesa da Ilha do Governador. Ao ser questionado sobre o desejo do Flamengo em construir o seu próprio estádio, acenou positivamente para que o empreendimento ocorra em regiões como o Parque Olímpico ou em Deodoro.

De acordo com Eduardo Paes, a viabilidade de construir o estádio no Parque Olímpico demanda a aquisição, pelo Flamengo, do espaço, haja vista que a Prefeitura do Rio de Janeiro o vendeu para a iniciativa privada a fim de reduzir os gastos. Como alternativa, disse ter indicado ao presidente, Rodolfo Landim, a possibilidade de construção em Deodoro.

”Sugeri que por ventura ficaria mais barato a área de Deodoro, próximo ao exército. Sabemos da boa relação do presidente(landim) com o presidente(do Brasil), e ali tem a transolímpica, tem BRT, tem muita coisa”; falou o prefeito do Rio de Janeiro, crendo que, neste espaço, os custos do empreendimento seriam menores.