Preparador físico do Corinthians fala sobre avanço de Renato Augusto; confira

Um dos seis reforços do Corinthians na temporada, Renato Augusto vem tentando melhorar a sua forma física. Antes de retornar ao Parque São Jorge, o meio-campista estava sem entrar em campo desde dezembro de 2020, quando veio passar as festas de fim de ano no Brasil e não conseguiu retornar à China, por conta das restrições impostas em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista concedida ao Globo Esporte, o preparador físico do Corinthians, Flávio de Oliveira comentou sobre os treinos do camisa 8, relatou as dores que o atleta sentiu na partida que antecedeu o Derby, diante do América-MG, e projetou ”muita alegria” na próxima temporada.

”Acabou o treino, falei com ele, fez um baita de um treino. Subimos a carga dele na semana passada, era necessária. Teve uma infecção, dor no adutor, que achamos melhor tirá-lo do jogo, deu uma quebrada. Mas trabalhou bem, construiu carga, participou bem contra o Palmeiras. Alguns demandam mais tempo para recuperar, às vezes, até mais de 48 horas. Exigência do jogo é muito alta. É preciso ter cuidado com o que vai fazer. G1 é quem joga, G2 quem entra e G3 quem fica fora. Evoluiu, melhorou, mas pelo tempo que ficaram sem jogo, ainda tem processo para crescer. Vou em blocos, vou agora pelo Bragantino. O andar da nossa grade de jogos, vamos vendo. Carga de treino vai caindo conforme aumenta a sequência de jogos. Ano que vem, vão dar muita alegria.”

Desde seu retorno ao Corinthians, Renato Augusto recebeu seis oportunidades dentro de campo, onde foi titular em apenas duas ocasiões. Nestes compromissos, o jogador foi responsável por um gol, justamente em sua estreia, frente ao Ceará. Por partida, o veterano ainda soma uma finalização, uma grande chance criada, 86% de passes certos, 0.7 interceptações, um desarme e 0.2 cortes. Os dados são do SofaScore.