Renda de Altos x Flamengo entra no ranking das maiores arrecadações de 2022

As cifras milionárias da bilheteria de Altos x Flamengo fizeram o confronto da terceira fase da Copa do Brasil entrar no ranking das dez maiores rendas do futebol brasileiro de 2022. Os 25 mil ingressos vendidos para o jogo em Teresina, no estádio Albertão, renderam ao clube do Piauí uma receita de R$ 3,640 milhões.

Os números contabilizados pelo Espião Estatístico colocam Altos x Flamengo na sexta colocação do top 10 das partidas com as maiores rendas do Brasil. Na liderança, está o confronto de ida da decisão do Paulistão, a vitória do São Paulo sobre o Palmeiras no Morumbi.

TOP 10 BILHETERIAS DA TEMPORADA 2022

  1. São Paulo 3 x 1 Palmeiras: R$ 5.505.315,00 (final do Campeonato Paulista, Morumbi)
  2. Atlético-MG 3 x 1 Cruzeiro: R$ 4.851.600,00 (final do Campeonato Mineiro, Mineirão)
  3. Corinthians 2 x 0 Boca Juniors: R$ 4.611.628,00 (fase de grupos Libertadores, Neo Química Arena)
  4. São Paulo 2 x 1 Corinthians: R$ 3.817.034,00 (semifinal do Campeonato Paulista, Morumbi)
  5. Atlético-MG 2 x 2 Flamengo: 3.714.150,00 (Supercopa do Brasil, Arena Pantanal)
  6. Altos 1 x 2 FlamengoR$ 3.640.000,00 (terceira fase da Copa do Brasil, Albertão)
  7. Grêmio 2 x 1 Ypiranga-RS: R$ 3.244.443,00 (final do Campeonato Gaúcho, Arena do Grêmio)
  8. Corinthians 1 x 0 Deportivo Cali: R$ 3.069.768,00 (fase de grupos Libertadores, Neo Química Arena)
  9. Fluminense 1 x 1 Flamengo: R$ 2.938.488,00 (final do Campeonato Carioca, Maracanã)
  10. Palmeiras 4 x 0 São Paulo: R$ 2.772.492,00 (final do Campeonato Paulista, Allianz Parque)

No ranking, Altos x Flamengo é o único da Copa do Brasil. O top 10 bilheterias é marcado por decisões dos estaduais e os dois jogos do Corinthians na fase de grupos da Libertadores.

A renda de Altos x Flamengo foi feita com ingressos de R$ 150 a R$ 300. O estádio Albertão não estava com toda a sua capacidade liberada – apenas 25 mil bilhetes foram vendidos, sendo que o local já recebeu na última década até 40 mil pessoas.

O Flamengo retornou ao Piauí após 10 anos, e a presença do Rubro-Negro mobilizou a cidade, com filas de até oito horas para comprar ingresso e motosseata para receber o time.