Ronaldo quer comprar direitos de transmissão do Campeonato Carioca, entenda

O Flamengo estreia na Taça Guanabara já na quarta-feira (26), contra a Portuguesa-RJ, no Estádio Luso-Brasileiro, antiga ‘Ilha do Urubu’. Entretanto, a competição pode ter uma novidade vindo ai: Ronaldo Fenômeno está tentando ser dono dos direitos de passar partidas do torneio estadual.

Ronaldo Nazário, dono do Cruzeiro, negocia com a empresa Sportsview, responsável pela comercialização do Campeonato Carioca. A intenção do ‘Fenômeno‘ é levar algumas partidas da competição para o seu canal na plataforma da Twitch. A informação foi divulgada primeiramente pelo portal IG.

Se ele conseguir comprar os direitos de transmissão, Ronaldo passará os jogos que não serão exibidos na TV Aberta, atraindo assim torcedores e novos usuários à plataforma. O ex-jogador está, cada vez mais dentro do  mundo gamer e ganhando notoriedade no meio. Por isso, colocar eventos no canal é visto como uma boa ideia para atrair mais visibilidade e, consequentemente, patrocinadores.

Mesmo que Ronaldo consiga comprar nos próximos dias os direitos de transmissão, o jogo entre Flamengo e Portuguesa-RJ não passará no canal do Fenômeno na Twitch. Isso porque, esta partida será vista, ao vivo, na Record TV. O confronto terá início às 21h35 (horário de Brasília).

Carioca terá transmissão da Record

Desde que o Campeonato Carioca encerrou seu contrato com a Globo, em 2020, a FERJ e os clubes precisaram negociar novos contratos de transmissão do torneio, que valiam um total de R$ 90 milhões. Na última edição, depois de um acerto com a Record para exibição em TV aberta fora as assinaturas pay-per-view, a receita final foi somente R$ 26 milhões.

Para 2022, os times cobraram, e a comercialização deve chegar a uma receita em torno de R$ 40 e R$ 45 milhões, segundo informações do UOL.

Em 2021, na negociação com a Record, ficou definido que apenas podem ser transmitidos quatro de 11 jogos do Flamengo na Taça Guanabara , por conta da exigência do clube, que tinha como objetivo turbinar a FlaTV.

A restrição limitou o valor final das negociações, que deixaram a receita em apenas R$ 26 milhões, já com os valores das tvs dos clubes incluso.

Para a edição 2022, que está para começar, a organização do Campeonato Carioca recebeu muita cobrança por parte dos clubes, e a Sportsview, responsável pela comercialização dos direitos, buscando novas negociações para elevar a receita do Estadual, que deve girar em torno de R$ 40 e R$ 45 milhões.

Ainda conforme o UOL, existe a expectativa é que os pagamentos oscilem entre R$ 10 e R$ 15 milhões com pay-per-view, sem a participação dos canais dos times. Mesmo assim, o valor é menor do que a Globo oferecia, algo em torno de R$ 45 milhões para as equipes e federações, com a exibição do produto no Premiere.

Com os novos acordos, os clubes pequenos torcem por uma renda maior através da exibição em TV aberta. Já a distribuição do dinheiro de pay-per-view não terá mudanças, ou seja, será baseada no percentual dos torcedores. Na última edição, o Flamengo embolsou mais de 60% da receita dos pacotes pagos e não demonstra insatisfação com os contratos, diferente dos rivais Fluminense, Vasco e Botafogo.