Univer. Católica 2 x 3 Flamengo: Assista os melhores momentos da partida

Poderia ser mais tranquilo do que foi, mas o que valeu mesmo foram mais três pontos para uma classificação sem sustos no grupo H da Libertadores. O Flamengo venceu por 3 a 2 a Universidad Católica, em Santiago. Venceu pela primeira vez os donos da casa no estádio San Juan de Apoquindo.

Os gols foram feitos pelo craque Gabigol (dois no primeiro tempo) e Lázaro. Para os donos da casa, foram dois gols… contra. Primeiro, Isla em lance com Zampedri. Depois, Pablo desviou chute de Buonanotte.

Com dose dupla de Gabigol – com auxílio sempre luxuoso de Bruno Henrique e Arrascaeta -, o Flamengo saiu em vantagem num bom primeiro tempo em Santiago. O camisa 9 do Rubro-Negro, com dois gols – um logo no início, aos 8, outro aos 35 – chegou a 26 gols na Libertadores – apenas Luizão (29 gols) fez mais gols do que o rubro-negro entre os brasileiros.

Mas o jogo não foi só do Flamengo. Com o veterano Fuenzalida e o experiente Zampedri, a Católica conseguiu incomodar o time de Paulo Sousa. O gol saiu em bonita jogada, que contou com toque de letra de Orellana, e também contribuição de Isla, que tentou cortar, mas colocou para dentro. No fim da primeira etapa, Cuevas fez boa jogada e chutou rasteiro. A bola saiu por pouco.

Paulo Sousa voltou com Andreas Pereira na vaga de João Gomes e decidiu mudar três de uma vez no meio do segundo tempo. Era o momento de maior pressão dos chilenos – embora Gabigol tenha perdido duas boas chances – e que se mostrou medida inteligente do técnico português. Foi em pressão de Pedro, jogada de Marinho e bonito chute de Lázaro – os três que entraram na segunda etapa, além de Pedro – que o Rubro-Negro marcou o terceiro gol. No fim da partida, o time da casa seguiu em busca de diminuir o placar e, depois de Diego perder ótima chance, e conseguiu fazer um gol depois de chute de Buonanotte e desvio de Pablo: 3 a 2 para o Flamengo.